Home / Ajuda / Azeite de oliva. Porque ele é conhecido como a “gordura do bem”.

Azeite de oliva. Porque ele é conhecido como a “gordura do bem”.

Quando usado de maneira correta e sem exageros, o azeite pode fortalecer a saúde e oferecer inúmeras vantagens para o bem-estar.

Veja abaixo os benefícios.

1 – Diminui os riscos de diabetes:  a gordura do azeite ajuda a regular os níveis de glicemia e insulina no corpo. Um estudo científico publicado no jornal acadêmico Diabete Care, indicou que 51% das pessoas – portadoras de doenças cardiovasculares – que apostaram em uma alimentação rica em azeite apresentaram menos chances de desenvolver diabetes tipo 2. Já as pessoas que não utilizaram o óleo na dieta, não apresentaram nenhuma diferença.

2 – Reduz a inflamação: Algumas substâncias presentes na composição do azeite podem reduzir significativamente as inflamações do organismo. A inclusão do ingrediente na dieta também pode combater a presença de radicais livres.

3 – Faz bem para o coração: pois é, gordura boa pode auxiliar a saúde do coração. Tudo por conta dos ácidos graxos, que contribuem para a redução do colesterol ruim e aumentam a concentração do colesterol bom no organismo. Fatores que podem, inclusive, prevenir o desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

4 – Ajuda o bom funcionamento cerebral: Existem algumas pesquisas em andamento que indicam uma possível melhora de funções cognitivas atreladas ao uso de azeite. O composto hidroxitirosol, presente na composição do ingrediente, também pode retardar o envelhecimento do cérebro, além de preservar a saúde dos neurônios.

5 – Regula o sistema digestivo: uma boa notícia para quem sofre com prisão de ventre. Por ser uma gordura saudável, o azeite apresenta uma função de laxante natural suave, que pode auxiliar as pessoas a regularem o intestino. Porém, para ser utilizado com essa finalidade, é preciso acompanhamento de um profissional da nutrição.

Pronto, gostou? Então, use de forma moderada, escolhendo azeites de boa qualidade, dispensando os misturados com óleo.

Fica a dica.

Fonte: https://sportlife.com.br/

Imagem: https://pitacoseachados.com/

Veja Também

Alimentos com grande quantidade de vitamina D.

Há grupos de risco que devem ficar mais atentos à queda dessa vitamina, chamada hipovitaminose …